Ministro Marcos Pontes visita Sorocaba para conferir produção de respiradores

Visita foi acompanhada pelo deputado Vitor Lippi e pela Prefeita Jaqueline Coutinho

Sorocaba se tornou, nas últimas semanas, na capital nacional da produção de respiradores. Em um convênio envolvendo cinco empresas e o governo federal, a Flex está produzindo os aparelhos que são fundamentais para o tratamento dos casos graves da COVID-19.

“Esses ventiladores mecânicos são essenciais para salvar a vida dos pacientes mais graves, e ele está em falta em todo o Brasil. O Governo Federal fez um esforço muito grande e conseguimos escalar a produção, que em dois meses, vai reduzir o déficit desses equipamentos nos hospitais brasileiros”, explicou Marcos Pontes, Ministro de Ciência Tecnologia Inovação e Comunicação.

O projeto do aparelho é original da empresa MagnaMed, e com o apoio de engenheiros da FLEX, conseguiram ampliar em 10 vezes a capacidade de produção dos aparelhos. “Todo o empenho das empresas tem sido em capacitar os funcionários, melhorar a logística e garantir a produção no menor período possível, sem reduzir a qualidade dos equipamentos”, ressaltou o deputado federal Vitor Lippi, médico de formação.

Além da FLEX e MagnaMed, o projeto teve apoio da Suzano, White Martins, Positivo e Klabin. A expectativa é de que a planta em Sorocaba faça a entrega de 6 mil respiradores, encomendados pelo governo federal, nos próximos 90 dias. Toda a operação foi feita a preço de custo, em uma tentativa de aumentar a capacidade de atendimento e salvar a vida de milhares de brasileiros contaminados pelo novo coronavírus e que precisam de atendimento em unidade de tratamento intensivo.




© 2018 Deputado Federal Vitor Lippi.