Lippi lidera discussão sobre a nova Lei Geral da Micro e Pequena Empresa

O deputado federal Vitor Lippi (PSDB) é um dos membros titulares da Comissão Especial que vai aperfeiçoar o Estatuto Nacional da Micro e Pequena Empresa.

 

Para Lippi o Brasil precisa oferecer melhores condições para os micro e pequenos empresários brasileiros. “O maior número de empregos está nas pequenas empresas e precisamos fortalecer aqueles que estão dispostos a empreender”, disse o deputado.

 

Entre as prioridades da Comissão estão a discussão da redução da burocracia para abertura e fechamento de pequenas e médias empresas, a criação de novas linhas de crédito com juros menores do que os praticados nos bancos comerciais.

 

Além disso, Vitor Lippi quer uma redução na cobrança do ICMS para as empresas que optarem pelo Simples Nacional. Outra novidade será reajustar os valores da receita bruta anual, praticada pela Lei Geral das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte.

 

“Hoje o empresário brasileiro está agoniado com a crise e com as condições do mercado. Precisamos garantir força para que ele não feche as portas e volte a contratar funcionários”, resume Lippi.

 

 

Você sabia?

 

Os pequenos negócios são responsáveis por 27% do PIB e empregam mais profissionais com carteira assinada do que as médias e grandes. Elas são janelas de oportunidade para vida de milhões de empreendedores e trabalhadores. Vale lembrar que mais da metade dos jovens brasileiros querem empreender.

 

Estudos mostram que 69,8% de homens entre 18 e 34 anos deseja abrir um negócio próprio. Para eles, emprego estável após a faculdade deixou de ser o principal objetivo. Cerca de 15 milhões de jovens estão buscando informações e cursos para ser um empreendedor.

 

Outra pesquisa mostra também que 66% dos brasileiros adultos querem abrir o próprio negócio, reforçando a importância de uma legislação que incentive, legitime e ajude na realização deste que está entre os maiores sonhos da população.

© 2018 Deputado Federal Vitor Lippi.